Guias

Qual é o significado do mercado de massa?

O termo mercado de massa refere-se a um mercado grande e indiferenciado de consumidores com origens amplamente variadas. Os produtos e serviços necessários a quase todos os membros da sociedade são adequados para o mercado de massa. Itens como utilitários de eletricidade e gás, sabonete, toalhas de papel e gasolina, por exemplo, podem ser anunciados e vendidos para quase qualquer pessoa, tornando-os bens de mercado de massa.

História do Marketing de Massa

Ao longo da história do mundo, as empresas tradicionalmente atendem a mercados geográficos muito pequenos. O tamanho dos mercados-alvo de uma empresa era geralmente limitado à variedade do modo de viagem pessoal do empresário.

No final dos anos 1800 e no início dos anos 1900, os avanços no transporte, como ferrovias e automóveis, abriram as portas para a distribuição de mercadorias em massa. Na década de 1920, as transmissões de rádio possibilitaram às empresas enviar mensagens publicitárias para grandes públicos indiferenciados de uma só vez, dando origem ao conceito de mercado de massa e às primeiras técnicas de marketing de massa.

Tipos de marketing de massa

As empresas podem atingir o mercado de massa com mensagens publicitárias por meio de uma variedade de meios de comunicação. O rádio, como mencionado acima, é o meio de comunicação de massa mais antigo. A televisão rapidamente assumiu um papel dominante como meio de comunicação de massa preferido por um grande número de empresas. A televisão continuou a ser o meio mais eficaz de alcançar o público do mercado de massa até que as inovações em tecnologia e a Internet começaram a mudar o jogo na virada do século XXI.

Os jornais também são um meio tradicional de mercado de massa, embora não tão eficazes quanto o rádio ou a televisão devido à natureza regional ou tendenciosa das publicações individuais. O advento da era digital revolucionou a estratégia de marketing.

Vantagens do marketing de massa

As principais vantagens da propaganda e do atendimento ao mercado de massa são o escopo e a economia de fazer negócios em escala tão grande. As mensagens publicitárias transmitidas pela mídia de massa podem atingir milhões de telespectadores em uma única exibição, e as economias de escala tornam a distribuição em massa mais barata do que as entregas regionais.

Desvantagens do marketing de massa

Apesar de suas vantagens, os mercados de massa apresentam uma fraqueza significativa. Anunciar ou distribuir produtos de nicho para segmentos de mercado exclusivos no mercado de massa pode ser extremamente caro em comparação com o impacto alcançado.

Publicar um anúncio de serviços de banco de investimento em uma grande rede de televisão, por exemplo, pode ser um enorme desperdício de dinheiro, já que a grande maioria dos telespectadores não são proprietários de empresas que desejam incorporar suas empresas. O marketing de massa também falha em fornecer a experiência personalizada que os clientes esperam, observa o Marketing Insider Group.

Big Data e Segmentação de Mercado

A segmentação de mercado cada vez mais precisa é o antídoto para a fraqueza inerente do marketing de massa de ontem. De acordo com a Leadspace, o big data desempenhou um papel fundamental na solução do problema do alcance de marketing excessivamente amplo e não segmentado. A análise de dados permite que as empresas identifiquem seu público-alvo e elaborem mensagens personalizadas sob medida para seus clientes.

Mídias tradicionais como revistas, sites e outdoors ainda têm seu lugar. Os profissionais de marketing podem usar dados para direcionar dados demográficos e regiões geográficas específicas a um custo menor do que a mídia do mercado de massa. Os mercados podem ser segmentados de acordo com uma série de fatores, incluindo psicologia, comportamento de compra, dados demográficos, renda, região e outros exemplos de nicho de mercado.