Guias

Como iniciar um negócio de roupas em casa

O estilista Marc Jacobs disse: “As roupas não significam nada até que alguém more nelas”. Quando você tem um negócio de roupas, está vendendo mais do que moda - está vendendo sonhos. Você está vendendo roupas que dão confiança às pessoas. É muito fácil começar seu próprio negócio de roupas em casa, contanto que você tenha as principais etapas para tornar seu sonho realidade.

Que tipo de roupa você deseja vender?

Decida em qual nicho você se concentra. Deve ser algo do seu interesse, para que você tenha paixão suficiente pelo seu negócio de roupas para continuar quando as coisas ficarem difíceis. Você tem a opção de vender roupas novas, roupas usadas (vintage) ou ambas. Concentrar-se em um tipo distinto de roupa ajuda a desenvolver o conhecimento da marca, de modo que, quando as pessoas pensarem em se vestir para certas ocasiões, pensem primeiro na sua empresa.

Decida Sua Estrutura de Negócios

Você pode administrar seu negócio como uma empresa unipessoal, que é a maneira mais rápida e fácil de começar. Também oferece muito pouca proteção legal caso você enfrente um processo relacionado a negócios no futuro.

Se você decidir por outro tipo de negócio, como uma sociedade de responsabilidade limitada (LLC), registre seu negócio por meio dos canais legais de sua área. O registro é normalmente feito através do escritório do Secretário de Estado de seu estado, embora algumas grandes cidades tenham seu próprio processo de registro separado.

Este também pode ser um bom momento para considerar a marca registrada de sua marca.

Obtenha um Espaço Criativo

Decida qual sala ou salas da sua casa serão dedicadas ao seu negócio. O espaço deve ser limpo com boa iluminação e deve inspirar você. Junto com necessidades como um computador e uma impressora, pense na aparência que você deseja. Ter um belo escritório em casa pode motivá-lo a começar a trabalhar e continuar trabalhando.

Lembre-se de problemas de acesso. Você pode não querer clientes passando pela cozinha, com pratos bagunçados na pia, a caminho de sua área de exposição de roupas.

Encontre um atacadista

Encontre um atacadista, também conhecido como fabricante. Se possível, encontre uma empresa de roupas existente que esteja disposta a ajudar, fornecendo alguns contatos internos. Na falta disso, faça uma lista das empresas que fabricam o tipo de roupa que pretende vender e veja quem lhe dará os melhores preços. Descubra quais fabricantes enviarão os itens para você aos seus clientes, para que você não precise fazer isso sozinho. Isso é chamado de drop-shipping e é um serviço comumente fornecido no setor.

Se, em vez disso, você estiver se aventurando no negócio de roupas usadas, é provável que haja muitas lojas de brechós locais e fontes semelhantes que podem servir como fontes diversas de suprimentos de roupas.

Faça um site

Um site totalmente responsivo que tenha uma boa aparência e seja facilmente navegável a partir de qualquer tipo de dispositivo é fundamental. Entre em contato com o fabricante para obter fotos das roupas que você está vendendo, junto com descrições completas de cada item e como ele se ajusta, para que você possa listá-las. Certifique-se de que todas as descrições sejam completas e completas para que os clientes saibam realmente o que estão pedindo. Você pode construir seu site sozinho ou contratar alguém para fazê-lo.

Métodos de Pagamento

A menos que você esteja administrando sua loja de roupas apenas em dinheiro, precisará se registrar para uma conta de comerciante em seu banco para receber pagamentos com cartão de crédito de pedidos online e também de mercadorias vendidas em lojas. Considere se você deseja aceitar ApplePay ou PayPal e configure seu negócio para receber pagamentos dessas empresas.

Motor de Otimização de Busca

Otimização de mecanismo de pesquisa (SEO) significa que os termos de mecanismo de pesquisa mais comuns associados às descrições e nomes de produtos encontrados com mais frequência em seu site serão correspondentes. Isso coloca seu site em uma posição mais alta nos rankings de mecanismos de pesquisa para que mais pessoas vejam sua marca no topo de seus resultados de pesquisa. Você pode contratar ajuda externa ou aprender como fazer isso sozinho, mas é uma parte crucial para ser competitivo no negócio de roupas.

Presença nas redes sociais

Pinterest, Facebook e Instagram são sites de mídia social muito visuais com grandes plataformas. Cadastre sua empresa em cada um, bem como em qualquer outra mídia social (como Linkedin ou Twitter) que pareça relevante. Publique conteúdo envolvente em intervalos regulares, mas certifique-se de não postar com muita frequência - ninguém gosta de spam. Liste seus links de mídia social em seu site também.

É um presente ajudar os outros a se sentirem tão incríveis em suas roupas quanto você se sente como dono de sua empresa. Faça sua pesquisa e reserve bastante tempo para fazer o trabalho braçal necessário para ter um negócio de roupas em casa. Sempre vale a pena sonhar grande e lindamente.