Guias

O efeito negativo da mídia social na sociedade e nos indivíduos

Muitas empresas usam a mídia social de forma eficaz para promover seus produtos e se conectar com os clientes. No entanto, a mídia social também pode representar um risco para as empresas. Não apenas o uso da mídia social pode interferir na produtividade, mas as informações compartilhadas nas redes sociais podem causar danos reais tanto aos relacionamentos com colegas de trabalho quanto à sua marca.

Gerenciamento de tempo

A maioria de seus funcionários possui contas de mídia social. Infelizmente, muitos desenvolveram o hábito de verificar suas contas várias vezes durante o dia, mesmo quando estão no trabalho. O tempo gasto em contas pessoais é o tempo que não é gasto em tarefas de trabalho. Mesmo quando uma funcionária gasta apenas alguns segundos nas redes sociais, pode demorar vários minutos para voltar a se concentrar na tarefa em que estava trabalhando antes de verificar o telefone. Também é o tempo que não é gasto interagindo com colegas e desenvolvendo relacionamentos de trabalho de qualidade.

Saúde mental

Muitos profissionais de saúde mental estão profundamente preocupados com o impacto que a mídia social tem sobre a saúde mental. Alguns acreditam que a distração constante da mídia social contribui para encurtar a capacidade de atenção. Além disso, muitas pessoas que usam regularmente plataformas como Facebook ou Twitter relatam altos níveis de estresse.

A saúde mental dos funcionários pode ter um impacto direto em seus negócios. Quando os funcionários estão felizes, confiantes e relaxados, eles podem ser mais produtivos e ter melhores relacionamentos com colegas de trabalho, clientes e clientes. O estresse, por outro lado, contribui para múltiplas doenças físicas e mentais que podem afetar seu trabalho.

Espalhando informações falsas

O grito de "notícias falsas" se tornou lugar-comum e a confiança do consumidor até mesmo nos meios de comunicação tradicionais diminuiu significativamente. Infelizmente, conteúdo online falso, enganoso ou confuso pode prejudicar a reputação de sua marca, incomodar até mesmo clientes fiéis e pode dissuadir as pessoas de até mesmo considerar a compra de seus produtos ou serviços.

Críticas online: Existem sites varejistas e independentes de avaliação para ajudar os consumidores a fazerem boas escolhas. Embora muitos comentários nesses sites reflitam verdadeiramente as experiências de outras pessoas, alguns não o são. Avaliações falsas que acumulam elogios ou escárnio sobre uma empresa são comuns.

Incidente infeliz: Mesmo empresas bem administradas cometem erros ou têm um funcionário que se comporta de maneira inadequada. Se uma história sobre um incidente se tornar viral, mesmo que algo parecido nunca tenha acontecido antes, sua empresa pode se ver em uma longa batalha de relações públicas online.

Informações de saúde pouco claras ou não confiáveis: Rumores online podem começar sobre a segurança de certos alimentos, produtos, ingredientes ou tratamentos que têm pouca base em fatos. Infelizmente, os usuários de mídia social podem continuar a espalhar essa informação incorreta, o que pode fazer com que os leitores evitem comprar ou mesmo considerar os produtos ou serviços mencionados nessas postagens.

Linhas políticas na areia: Em 2018, proprietários de restaurantes e outras empresas se viram no fogo cruzado de intensas lealdades políticas quando pareciam tomar partido, tanto da esquerda quanto da direita. Mesmo que sua empresa não tome partido politicamente, a mera aparência de favorecer um partido em detrimento de outro pode causar consequências políticas com boicotes e críticas falsas.

Intimidação online e tensões no local de trabalho

Muitas pessoas pensam que o cyberbullying é um problema para os jovens. Infelizmente, os adultos também podem intimidar uns aos outros online e, às vezes, seus alvos são colegas de trabalho. Os tipos típicos de bullying incluem e-mails agressivos e desagradáveis, mensagens privadas e comentários públicos, colocando online fotos desfavoráveis ​​ou manipuladas do alvo do bullying. Os funcionários que são vítimas de bullying frequentemente relatam ter passado por um estresse extremo. o que pode eventualmente afetar seu desempenho.

Os colegas também podem sentir tensões se seguirem uns aos outros nas plataformas sociais. Embora muitos trabalhadores tenham o cuidado de evitar expressar opiniões sobre assuntos controversos no trabalho, eles podem ser menos restritos online. Se um colega detectar uma opinião ou meme que considere desagradável, a divergência pode se espalhar para o local de trabalho, potencialmente prejudicando o moral e interferindo na produtividade.